vamos, então, escrever no quadro negro quantas vezes forem necessárias

o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa, o Papa é o Papa... é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa, é o Papa.

1 comentário :

  1. Claro, estavam à espera de quê? "É o Papa, estúpidos!"

    ResponderEliminar