o chico | futuros amantes

chico buarque faz parte das minhas memórias afectivas mais permanentes. mas, como às vezes acontece com as pessoas e as coisas de que gostamos mais, quase o esqueci a certa altura da vida, seguro que estava da sua presença eterna. não é assim, porém, e isso seria toda uma outra história, ou histórias, para ser mais preciso.
vem isto a propósito do 70.º aniversário do chico, que passa na próxima semana e que está a ser assinalado em alguns lugares. e foi por aí, em alguns lugares, que repetidamente encontrei referências a uma das mais belas canções de chico que não conhecia. porque é de uma fase tardia (93), em que, claramente, andava distraído com outras coisas.
fabulosa, esta ideia do amor não utilizado e que fica à espera de melhores dias e outros protagonistas. a letra é lindíssima, mas a explicação prévia do chico não lhe fica atrás.

5 comentários :

  1. A minha música não romântica preferida, do Chico, é esta: https://www.youtube.com/watch?v=BnVbz6dtgg0

    ResponderEliminar
  2. não te imaginava tão revolucionária!

    ResponderEliminar
  3. Haha, agora fizeste-me rir! E não sou… um bocadinho. (vou-te enviar um e-mail)

    ResponderEliminar